sábado, 29 de outubro de 2011

Pontinhas brancas nas pontas do cabelo, ninguém merece!


Hoje vamos falar de um problema muito comum entra os jovens, chamado de "tinea" ou "tinha".
 O problema consiste em fios fracos, com várias bolinhas brancas em toda extensão e que podem se partir no ponto onde estão esbranquiçados. Essas famosas “bolinhas” ficam feias principalmente em cabelos mais escuros, causando uma verdadeira dor de cabeça!
Conversamos com a dermatologista Cynthia Araújo Correa, de São Paulo, que nos contou que a Tinea do couro cabeludo, ou “tinea capitis“, é uma infecção da pele e pêlos causada por dermatófitos dos gêneros Microsporum e Trychophyton. É uma micose superficial super comum em regiões tropicais e subtropicais, virando até um problema de saúde pública em alguns países. Os nódulos (bolinhas brancas) ocasionam múltiplas infecções ao longo do fio.Trata-se de um fungo raro que deve ser analisado pelo médico para que seja identificada sua presença nos fios. Pode causar quebra dos fios onde o fungo se instala, fazendo com que os fios fiquem fracos e feios.
Uma imagem do fungo no fio de cabelo
Estudos não comprovados apontam que o fungo pode se desenvolver por motivos como dormir com os cabelos molhados, ou pelo uso constante de produtos sem enxágüe, que deixam os fios úmidos, visto que o fungo necessita de calor úmido para se desenvolver. Portanto, acontece muito com quem usa creme para pentear, não gosta de deixar os cabelos crespos secos, ou outros casos. Passar muito as mãos nos cabelos também pode ser um dos fatores que colaboram para o aparecimento do fungo, pois levamos sujeiras das mãos para os fios ao longo dia.
Mas então, se você achar bolinhas nos seus fios e couro cabeludo, #comofaz? A melhor opção é sempre consultar um dermatologista para ver qual o seu caso e o grau de dificuldade para curar. Só um médico poderá dar o diagnóstico correto. Para agilizar, é indicado cortar os fios com fungo e usar um shampoo indicado por seu médico. Geralmente são feitos à base de depiriotinato de zinco ou cetoconazol. Mas sempre consulte-o antes de comprar qualquer produto!
Esperamos que o post ajude!

Fonte: Capricho/SOS cabelos